Maurício Gieseler

Maurício Gieseler

Advogado em Brasília (DF), este blog é focado nas questões que envolvem o Exame Nacional da OAB, divulgando informações e matérias atualizadas, além de editoriais, artigos de opinião e manifestações que dizem respeito ao tema. Colocamos, também, a disposição de nossos visitantes provas, gabaritos, dicas, análises críticas, sugestões e orientações para quem pretende enfrentar o certame. Tudo sobre o Exame de Ordem você encontra aqui.

Fale com ele
- Categoria: Como se preparar para a prova, Simulados

Série de simulados do Portal Exame de Ordem! Preparando para a prova do XI Exame

Simulado exame de ordem

Amanhã, dia 28, lançaremos o nosso 1º simulado para a prova objetiva do XI Exame de Ordem!

A prova objetiva da próxima 1ª fase será no dia 18 de agosto, e daqui até lá o Portal Exame de Ordem lançará 3 simulados, visando proporcionar aos candidatos uma mensuração da evolução de desempenho, conceito e abordagem lançado originariamente por nós para o Exame de Ordem, e assim traçar o mapa das virtudes, deficiências e a EVOLUÇÃO do desempenho de agora até o dia da prova.

O objetivo declarado aqui é ajudar o candidato ater a certeza de que irá bem na prova, e, com isso, dar-lhe mais segurança na hora da verdade: quem se sente seguro consegue dominar melhor o emocional.

A segurança, evidentemente, está relacionada à certeza de que o preparo até a prova foi o adequado, e a série de simulados, visto em conjunto, permitirá ao candidato ATACAR com precisão seus pontos deficientes, auxiliando-o em sua ESTRATÉGIA de estudos.

O simulado será gratuito, aberto para todos e sem nenhum cadastro. Entretanto, os vídeo s de correção serão disponibilizados apenas para os alunos do Portal. O simulado virá na forma de um arquivo em PDF.

E qual é a função de um simulado?

A resposta é simples: reproduzir as condições de um evento qualquer, visando treinar os interessados sob determinadas condições. No nosso caso, queremos treinar para a prova objetiva.

Logo, um simulado, levando em consideração as condições da prova objetiva da OAB, tem de ser feito sob os seguintes parâmetros:

1 – Isolamento.

O candidato fará a prova sozinho, logo, se isolar do contato é condição sine qua non de um simulado. Sem isolamento você NÃO faz um simulado para a prova da OAB.

E a lógica é muito simples: o simulado não serve só para o candidato avaliar conhecimentos, serve também para treinar o emocional.

Sem medo de errar, o emocional no Exame é praticamente “50%” do necessário para se conseguir a aprovação. É um verdadeiro clichê ouvir histórias de insucessos ligadas ao nervosismo e à ansiedade. Se preparar emocionalmente é FUNDAMENTAL para o sucesso.

2 – Concentração.

Ao ficar sozinho o candidato poderá testar sua concentração. Aqui temos um ponto interessante. O ideal seria fazer o simulado em uma sala com demais candidatos, mas como no nosso caso isso não será possível, vocês terão de providenciar um espaço adequado. Como esse espaço não será igual ao de uma sala de prova, vocês poderão exercitar o foco e a concentração em um nível ACIMA das condições reais da prova. Perfeito para a gestão do emocional e do foco!

3 – Disciplina.

Um simulado não é uma brincadeira e nem uma festa da interação. Não se permita distrações, não interaja com ninguém, não desvie o seu foco. Um simulado é para ser levado a sério e isso é muito importante!

Qual a importância de fazer um simulado quando faltam apenas pouco menos de 2 meses para a prova? 

Agora, acreditamos, é hora de fazer uma primeira averiguação do que foi apreendido nos estudos até agora. Notem a distância do dia de amanhã até o dia da prova. MUITO pode ser corrigido (se for o caso) na hipótese do candidato descobrir algum tipo de deficiência.

A hora de errar é agora!

Claro! Os candidatos ainda não estão 100% prontos para a prova, e eventual análise tem de estar atenta para uma mensuração correta do desempenho: se o candidato não estudou determinada disciplina contida em uma questão, a análise do desempenho deve levar esse fator em consideração: não se pode exigir aquilo que não se estudou.

E quais os pontos a serem observados em TODOS os simulados?

1 – Gestão do tempo durante a prova;

2 – Identificação de deficiências na aprendizagem;

3 – Gerenciamento do aspecto emocional.

Esses 3 elementos precisam ser reavaliados a cada simulado, e as observações para cada simulado precisam ser comparadas. Desta forma vocês podem notar a evolução nos estudos ou, perceber algum tipo de deficiência.

Registrem os dados e posteriormente comparem as notas.

Vamos ver cada tópico agora:

1 – Gestão do tempo durante a prova

Tempo é segurança! Talvez essa seja a premissa básica quando se fala no tempo de prova. O candidato tem de ter a convicção de que as 5 horas serão suficientes não só para responder todas as perguntas como também para preencher a folha de resposta.

Quem fará a prova pela primeira vez provavelmente não sabe, mas 5 horas passam voando. Claro que a percepção é derivada de um estado de alerta, de tensão, afinal, o tempo corre de forma uniforme, mas a impressão é que durante a prova ele passa mais rápido…muito mais rápido!

O simulado permite que o candidato estude o gerenciamento do seu tempo e sua capacidade em responder todas as perguntas. O estado psicológico será diferente, por certo, mas o aprendizado resultante da simulação ajuda no processo de realização da prova, porquanto o processo em si não será totalmente estranho ao candidato.

2 – Identificação de deficiências na aprendizagem

Esse, por certo, é o papel mais relevante ao se estudar por provas anteriores, e, no presente momento, na submissão ao simulado. Certamente o candidato não responderá todas as perguntas. Essa percepção é útil para identificar em quais disciplinas estão as maiores limitações no conhecimento.

O erro também faz parte do processo de aprendizagem – com ele o candidato estabelece seu processo de cognição, sedimentando melhor o conhecimento a ser exigido na hora da verdade, pois o erro permite a compreensão de limitações no conhecimento e, por corolário lógico, a supressão de lacunas.

Faltam 2 meses para a prova. Identificar deficiências agora será algo muitíssimo útil, pois o tempo daqui até o dia da prova permite que vocês possam sanar quaisquer problemas com folga, muita folga mesmo!

3 – Gerenciamento do aspecto emocional

Eu não tenho dúvidas que o aspecto emocional do candidato é decisivo na sua aprovação. Já li uma infinidade de depoimentos de candidatos que sucumbem às próprias emoções durante a aplicação da prova.

Aliás, já foram centenas de depoimentos retratando a descrença em função de sucessivos fracassos, muitos deles estreitamente relacionados com o nervosismo.

Acredito na ideia de que a segurança ao se fazer uma prova deve ser resultado da certeza de que se está bem preparado.

Simplesmente não existe fórmula mágica para se ficar calmo: O ser humano que está apto a enfrentar situações específicas com calma, onde outros ficariam nervosos, ou não tem nada a perder ou já está escolado pela experiência.

Quem faz o Exame de Ordem pela 1ª vez, ou já fez 2 ou 3 vezes,  é pouco para ficar 100% calmo, e virtualmente todos têm muito em jogo nessa hora; afinal, aprovar é preciso!!

Hoje, agora, neste momento, vocês certamente estão bem longe da sensação de ansiedade que assola os examinandos na véspera da prova! Ótimo! Trabalhar o simulado, compreender as falhas e solucioná-las já a partir de agora vai certamente contribuir para deixá-los mais seguros quando estivermos há uma ou duas semanas da data da prova.

——–

É bom relembrar! Todos os interessados poderão fazer o simulado de graça, sem cadastros e sem firulas!

Por fim, deixo mais uma dica.

Se você pretende suprir deficiências identificadas após o simulado, recomendo fortemente 3 cursos do Portal para esta reta final:

O Curso Completo para a 1ª fase do XI Exame de Ordem, um curso completo, com aulas dotadas de densidade e elecionadas por um time de professores que está se tornando uma grande referência no Exame.

Projeto UTI/OAB 60 horas, que é um curso de dicas para a prova objetiva, muito conceituado entre os candidatos;

O Curso de Questões Estilo FGV, para treinar a resolução de provas.

Amanhã então, simulado! Hora de começar a calibrar os motores!

Posts relacionados