Maurício Gieseler

Maurício Gieseler

Advogado em Brasília (DF), este blog é focado nas questões que envolvem o Exame Nacional da OAB, divulgando informações e matérias atualizadas, além de editoriais, artigos de opinião e manifestações que dizem respeito ao tema. Colocamos, também, a disposição de nossos visitantes provas, gabaritos, dicas, análises críticas, sugestões e orientações para quem pretende enfrentar o certame. Tudo sobre o Exame de Ordem você encontra aqui.

Fale com ele
- Categoria: Tuctor

Disciplina e Homeostase: como isto me ajuda?

Qual é a relação entre ter disciplina para estudos e homeostase? Em que a compreensão desta relaçãopode ajudar quem está se preparando para concursos públicos e exames?

Inicialmente é preciso salientar que há uma íntima e importante relação entre disciplina e homeostase. Ecompreender esta relação é fundamental para quem pretende ter disciplina nos estudos. Aliás, pode ser que a causa da falta de disciplina de muitos seja determinada pela falta de um comportamento homeostático.

Muito bem, primeiramente precisamos partir do conceito de homeostase. A homeostase se manifesta em vários campos e situações da vida, não apenas da vida humana, mas da natureza em geral. Homeostase significa a tendência à manutenção do “status quo”, da estabilidade e do equilíbrio (LENT, Robert. Neurociência da mente e do comportamento. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008, pág. 231).

O nosso corpo é totalmente homeostáticoSempre procura manter a estabilidade em termos bioquímicos, de temperatura, de fluxos hormonais e em todos os sistemas e órgãos. Quando vamos fazer uma dieta para perder peso, estamos tentando reverter a condição homeostática que havia anteriormente e criar uma nova condição. Quando se diz para evitar furar a dieta, é exatamente por que o corpo fará de tudo para voltar à condição anterior. Ao se adquirir e manter uma nova condição, em termos de composição corporal, por exemplo envolvendo a quantidade de gordura, o corpo fará de tudo para manter esta nova condição que foi estabilizada.

E qual é a relação entre a homeostase e a disciplina nos estudos?

Para ter disciplina, em primeiro lugar, é preciso ter objetivos, macro e micro, ou seja, objetivos amplos, como passar em determinado concurso, e do dia a dia, como o que estudar a cada dia e em qual horário. Além de ter objetivos é preciso ter rotinaE uma rotina que seja estabilizada, ou seja, uma homeostase dos estudos.

Obviamente que ter um objetivo e rotina de estudos pressupõe contar com um plano de estudo.

Assim, um candidato que não tem rotina, que a cada semana muda seus horários e o que estuda, não criará uma condição que permita ter de estabilidade.

Quanto mais estável for a rotina do candidato e quanto mais tempo esta rotina se mantém estável, mais difícil será quebrá-la. Até mesmo por uma questão de automatismo e condicionamento, o que, no fundo, vai se relacionar com a homeostase.

Pode parecer radical, e cabe a cada um avaliar o que é melhor para si, com responsabilidade, seriedade e firmeza, sem se mover pelo espírito de busca de fórmulas mágicas. Mas a minha visão é que a rotina deve ser definida nos mínimos detalhes e mantida o máximo que for possível. Digo isto quanto a horários para começar e terminar de estudar, local aonde estudar, momentos de pausa durante os estudos e o que estudar a cada dia e a cada turno. Até mesmo o que comer durante os estudos acredito que deveria entrar nesta rotina. O único elemento que admito mudar na rotina são as roupas, mas se pudesse existir uniforme de concurseiro acho que não seria má idéia.

Quanto mais o candidato se mantém numa determinada rotina, mais condições cria para se manter disciplinado. Por outro lado, de forma inversamente proporcional, menor será a possibilidade de furo. E quanto menos estável for a sua rotina, mais chances terá de furar.

Com o tempo, o candidato que mantém estável a sua rotina nem perceberá o quanto está condicionado e comprometido, ou seja, significa que atingiu uma condição homeostática na sua rotina de estudos. Na verdade, este candidato sentirá que há algo estranho, e talvez até algum desconforto, quando furar a sua rotina. Digo isto com conhecimento de causa, pois já passei por esta experiência enquanto vivi a minha trajetória de candidato e já vi muita gente passar.

Portanto, pense em como anda a sua homeostase para os estudos. Tente manter a estabilidade. E com issso, ajude a criar condições para ter disciplina.

PS: caso queira uma sugestão de como montar um planejamento de estudos, clique neste link!

Fonte: Blog do professor Rogério Neiva

Posts relacionados